E hoje o post é sobre filmes! Depois de acho que 3 meses sem postar, voltei com esse post de filmes românticos (que eu amo), e indicando pra vocês os meus preferidos. Espero que gostem!





Esse post é pra você, que como eu, é apaixonada por filmes de romances. Não aqueles tão utópicos, mas aqueles que tem uma história diferente e que nos faz acreditar no amor e outras coisas. Começo essa lista com:


1 - Simplesmente Acontece 


Lançamento: 2014
Direção: Christian Ditter

Sinopse: Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.

(Frase que está na capa: "Você merece alguém que te ama à cada batida de seu coração.)


Bom, esses é um dos meus filmes preferidos por vários motivos. Ele não foge tanto da realidade e também não foge tanto dos clichês, que não posso negar que tem. Eu particularmente acho um filme que não nos faz ficar iludidas. Porque nós vemos tudo que a vida fez para juntar os dois e ao mesmo tempo tudo que as escolhas deles prejudicaram. Tantos desencontros e brigas. Como na vida. Gosto desse filme porque nos mostra que nossas escolhas influenciam muito no nosso destino. E mesmo assim, quando é pra ser, é.

O filme é baseado no livro "Love, Rosie" da Cecilia Ahern. E além de romance, também é comédia. Podemos ver as amizades desastradas de Rosie, e como Alex era divertido e apoiava, defendia Rosie de qualquer coisa. Recomendo várias e várias vezes. 


2 - Ela

Lançamento: 2014   
Direção: Spike Jonze

Sinopse: Theodore (Joaquin Phoenix) é um escritor solitário, que acaba de comprar um novo sistema operacional para seu computador. Para a sua surpresa, ele acaba se apaixonando pela voz deste programa informático, dando início a uma relação amorosa entre ambos. Esta história de amor incomum explora a relação entre o homem contemporâneo e a tecnologia.







Como já devem ter visto pela sinopse, é um filme diferente dos outros. É um romance contemporâneo. Ele se apaixona pela voz do novo sistema operacional, Samantha (que é dublada por nada mais, nada menos que Scarlett Johansson). Com o passar do filme, você vê que futuramente, a realidade pode ser essa. É um daqueles filmes que nos fazem pensar. Ele retrata novas formas de amor, no mundo virtual. Além de ter todas essas coisas novas, ele ganhou Oscar de "Melhor roteiro original", e vamos combinar, pra lá de original mesmo!

Theodore é um personagem melancólico, típico dos romances, mas é um cara que talvez toda mulher gostaria de ter. Que se importa com você, que se preocupa, e que às vezes confessa que tá errado! hahahaha. Recomendo muito!


3 - A incrível história de Adaline


Lançamento: 2015
Direção: Lee Toland Krieger

Sinopse: Adaline Bowman (Blake Lively) nasceu na virada do século XX. Ela tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não consegue mais envelhecer, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.






Como podem ver, Blake Lively volta para o cinema, para fazer sucesso! Muitos amavam sua atuação em Gossip Girl, e sentiam falta dessa linda! Inclusive eu. Esse filme virou meu favorito. Me arrepio até no trailer. Sua história é milimetricamente contada nos mínimos detalhes, e a atuação de Blake é excepcional.

É um filme que fala sobre tempo, que passa, mas continua o mesmo para Adaline. É uma personagem MUITO forte, espirituosa e nostálgica. Sente saudades dos tempos antigos, em que era realmente feliz e podia viver. Ela troca de identidade todo ano, e não pode ter relacionamentos, nem uma residência física. Até que ela conhece O cara. Um personagem divertido, insistente e muito lindo! As histórias de Adaline compõem o filme de um jeito lindo, e logo no começo podemos ver o romance. Esse filme eu recomendo milhares de vezes!

4 - Encalhados

Lançamento: 2014
Direção: Lynn Shelton

Sinopse: Quando uma jovem mulher irresponsável e imatura (Keira Knightley) recebe um pedido de casamento de seu namorado, ela entra em crise. A primeira ideia é fingir que precisa fazer um retiro em busca de auto conhecimento profissional, mas de fato ela se esconde na casa da sua nova melhor amiga, a adolescente Annika (Chloe Grace Moretz).

(Frase da capa: "Você não pode continuar deixando de lado o que você quer para um futuro imaginário, você só tem que engolir e ir com seu instinto.)


Como podem ver na sinopse, a personagem principal é imatura, mesmo passado os anos. É um romance também baseado na atualidade, e mostra que ainda há pessoas que não sabem o que vão fazer do futuro, e ficam deixando de lado. Muitas pessoas ficam indecisas por tempo demais para descobrir a si mesmo, e o filme mostra isso.

É uma comédia romântica diferente, com uma adulta que age como um adolescente, sendo amiga de uma adolescente (literalmente). O romance gira em torno do pai dessa sua melhor amiga que é a linda da Chloe, que é divorciado e é um homem de negócios. Keira finge estar num retiro, mas se esconde na casa de Annika. Seu pai descobre e eles começam a ter aquela química. É um filme muito engraçado e diferente dos romances clichês que você vê por aí. Recomendo para dar umas risadas!

5 - Questão de tempo

Lançamento: 2013
Direção: Richard Curtis

Sinopse: Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.

E de novo, outro filme que envolve o tempo. No de Adaline, ela não envelhece, e neste aqui ele consegue voltar no tempo. Esse filme é demais, além de ter a Rachel McAdams, que já atuou em VÁRIOS filmes de romance, o enredo é muito legal. Eu falei ali encima que falaria de filmes não tão utópicos, mas esse negócio do tempo, nunca se sabe né? hahahaha

Tim vivia procurando por uma namorada, nunca conseguia. Sempre fracassava. Quando descobriu que todos os homens da família podiam voltar no tempo, a maior motivação de usar esse seu "poder" foi para arranjar uma. Vemos tantas distrações e coisas engraçadas nesse filme. O mais legal, é que depois que ele conhece Mary e perde ela, ele volta no tempo MILHARES de vezes só pra conseguir conquistar ela de novo. Mas ele não volta no tempo só para sua amada, e sim para sua família também. Mas isso eu não vou contar! Recomendo muito!





6 - O Universo no Olhar

                                                    Lançamento: 2014
                                                      Direção: Mike Cahill

Sinopse: O Dr. Ian Gray (Michael Pitt) é um cientista que pesquisa sobre a íris ocular. Obcecado por descobrir a origem da visão, ele tenta provar que o desenvolvimento do olho humano faz parte da evolução natural, e não precisaria de um "designer inteligente" - ou seja, uma figura divina para criá-lo. Ele trabalha com a ajuda de sua estagiária Karen (Brit Marling) e de Kenny (Steven Yeun). Um dia, ele conhece Sofi (Astrid Berges-Frisbey), e os dois se apaixonam, apesar da diferença de convicções. A aproximação dos dois fará Ian buscar explicações além da ciência para os mistérios que o olho humano pode guardar.

(Frase da capa: Eu gostaria de te contar a história dos olhos que mudaram meu mundo.
ps.: fiquem curiosos para saber essa história. Porque esses olhos são a chave para uma descoberta.)

Mais um dos meus filmes preferidos. Eu ficava querendo ver esse filme, e nunca via. Quando vi, mudou muita coisa dentro da minha cabeça.

Dr. Ian Gray, é um daqueles jovens renovadores, que procuram por coisas que as pessoas desistem de achar. Ele ganha uma estagiária, e de primeira não gosta dela. Depois vê que ela é como ele, uma sonhadora. O romance, romance mesmo, gira em torno da adorável Sofi e Ian. Ela é uma personagem diferente de todas que você vê em romances, ela não é clichê mas sim muito espirituosa. Ela acredita em sua religião, e sempre acha que as coisas que acontecem tem um motivo para acontecer. Ian é cético, mas ela o faz acreditar depois de algumas coisas que acontecem. Pra você que gosta de ciência, olhos e romance, veja esse filme. Confesso que é um filme um pouco parado, mas o final compensa MUITO. É um daqueles filmes que te surpreende, e surpreende até não dar mais. 


Espero que gostem do post novo (depois de muito tempo).
Até o próximo.
Xoxo, Mari. 


2 Comentários

  1. Prevejo que terão pessoas que vão sentar as busanfas no sofá e assistir alguns desses filmes, porque a bad precisa bater, é uma coisa necessária. Adorei o post ♥

    ResponderExcluir
  2. Ameiiiii esse post!!!! Sou obcecada por filmes de romance, preciso assistir todos q sao lancados tipo urgentemente!!! Simplesmente acontece é, cara, incrivel.. E o da Adaline é ma ra vi lho so, um dos melhores q vi nos ultimos tempos!

    Beijinhos de luz, http://www.dudiva.com.br/

    ResponderExcluir

Formulário de contato